Criação de Sites Profissionais para Advogados

Entenda a importância de um site profissional, de qualidade, responsivo para advogados.

Você, que é um profissional competente e que zela pela sua imagem, sabe que ter um site bem feito é fundamental para advogados.

O espaço online, que torna-se o seu escritório na internet, é o local para onde as pessoas se dirigem em suas pesquisas virtuais sobre serviços de advocacia.

Nesse sentido, a criação de um website com aspecto profissional e que, ao mesmo tempo, apresenta bom desempenho, é uma demanda importante para os advogados.

Se você é ótimo conhecedor das leis, mas ainda tem muitas dúvidas sobre o universo digital, pode ficar tranquilo. Aqui, você terá acesso a informações práticas e simplificadas sobre a criação de sites para profissionais da área jurídica.

Então, esperamos que, ao fim desta leitura, você saiba como dar o pontapé no desenvolvimento do seu website. Confira!

Criação de Sites Profissionais para Advogados – Perguntas e Respostas

Antes mesmo de nos aprofundarmos sobre o tema, é importante falar sobre alguns conceitos básicos que você precisa saber para criar um site.

Existem variados tipos de websites e eles têm funções diferentes; os principais formatos e seus papéis são: 

  • Loja virtual: um ambiente para a venda de produtos/serviços, além de cursos, e que possui catálogos e serviços de pagamento online;
  • Blog: um espaço para a publicação de artigos e conteúdos diversificados;
  • Landing Page: página única que tem a função de capturar os contatos de potenciais clientes;
  • Site institucional: espaço para a divulgação das principais informações de uma empresa ou de prestador de serviços – como “quem somos”, serviços oferecidos e dados para contatos.

Você deve ter em mente quais são as funcionalidades que você precisa para, então, escolher um dos tipos de websites e dar sequência ao projeto.

Para escritórios de advocacia e profissionais autônomos, os sites institucionais são muito úteis e atendem satisfatoriamente às suas demandas. O blog também pode ser bastante funcional para informar os clientes sobre os seus conhecimentos jurídicos.

Mas, cada projeto é um projeto e é importante que você verifique todas as suas necessidades em um espaço online para se decidir pelo formato mais adequado. 

Abaixo, você verá as principais perguntas e respostas sobre sites profissionais para advogados. Elas vão esclarecer alguns pontos sobre o desenvolvimento do projeto e ajudá-lo em sua tomada de decisão; acompanhe com a gente!

O que um site de advogados deve ter?

Como você sabe, existem regras que orientam a conduta dos profissionais de advocacia. Então, o primeiro passo é seguir os princípios descritos no Código de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Vale destacar o seguinte artigo:

Art. 39. A publicidade profissional do advogado deve ser unicamente informativa, buscando sempre a sobriedade e não mercantilização da profissão”.

Além deste código, observe o Provimento Nº 205/2021, que dispõe sobre a publicidade e a informação da advocacia e tem assuntos atualizados – como marketing de conteúdos jurídicos.

Dito isto, as informações presentes em um website de advocacia dependem do que é permitido pela legislação e da estratégia do profissional

Para blogs, por exemplo, existem amplas possibilidades de criação de materiais relacionados a temas da área. Em sites institucionais, informações sobre os serviços prestados pelo profissional e dados de contato são bastante úteis.

Quanto demora a criação de um site de advogados?

O prazo para o desenvolvimento do site precisa levar em consideração diversos fatores relacionados à equipe desenvolvedora e ao proprietário do espaço digital. 

A complexidade do projeto e a velocidade para a produção dos conteúdos que serão colocados nas páginas são elementos que pesam significativamente para a sua construção.

Em resumo, quanto mais simples for o projeto e o quanto mais rapidamente você entregar textos, logo, imagens e outros arquivos, menor será o prazo de entrega do website. Atualmente, os sites institucionais da Criação .cc podem levar em torno de 20 a 30 dias.

Quanto custa fazer um site para advogados?

O preço de um site para profissionais de advocacia é uma questão semelhante ao prazo. Assim, o valor pago pelo projeto digital depende especialmente do seu grau de robustez.

Além disso, quanto mais ferramentas e opções você quiser oferecer ao seu público neste espaço, mais investimento o site demandará. Soluções adicionais em segurança e performance, por exemplo, podem gerar custos extras ao projeto.

Onde criar site para advogados?

Existem plataformas digitais em que é possível criar as suas próprias páginas; entre os nomes mais conhecidos estão: Wix, Joomla, Weebly, Site123 e Google Sites.

Na maioria delas, os serviços para a construção da estrutura são gratuitos. No entanto, estas soluções são, geralmente, bastante limitadas quanto a layout, ferramentas, funções e personalização.

Então, a tendência é que um site feito em plataformas gratuitas não tenha um aspecto tão profissional como os advogados precisam em sua função.

Outra opção é a contratação de empresas que fazem a criação de sites voltados para o pessoal da advocacia.

Nesse caso, as agências de desenvolvimento são responsáveis pela parte técnica da elaboração do projeto. Então, as suas equipes especializadas fazem o design e layout, configuram plugins e ferramentas e, por fim, inserem os conteúdos necessários ao site.

Quais são os primeiros passos na criação de sites profissionais para advogados?

Depois que você escolheu o tipo de site de acordo com as suas demandas, observou as regras de publicidade para a profissão e entendeu sobre prazos, valores e serviços de criação, é hora de ver a parte prática do processo.

Então, separamos algumas etapas necessárias ao desenvolvimento do site profissional para advogados; confira:

  1. Contratação de um domínio – o “nome” que vai ficar depois do “www.” do seu site;
  2. Definição do tipo de site – entre institucional, blog e outros, como vimos;
  3. Contratação de serviços – como hospedagem e certificado digital SSL;
  4. Criação do site – desenvolvimento técnico da parte estrutural das páginas;
  5. Produção de conteúdo – textos, fotografias, imagens vídeos e outros materiais;
  6. Entrega do site – recebimento do website finalizado.

Vale observar que algumas tarefas são de responsabilidade da agência desenvolvedora e, outras, do proprietário do site.

A contratação de serviços, por exemplo, pode ficar a seu critério. Depois que as ferramentas e plugins forem contratados, a agência instala e confira.

É preciso ter atenção especial à produção de conteúdo. Geralmente, ela é de responsabilidade do proprietário do site – afinal, quem é melhor para falar sobre os serviços do que o próprio profissional, não é verdade?

Então, logo assim que você der início ao projeto, comece a produzir os materiais demandados. 

Caso seja necessário, contrate outros profissionais específicos para as criações – como redatores, designers e fotógrafos.

Tenha um site profissional para advogados com a Criação. cc

Agora que você já conhece as principais informações sobre sites profissionais para advogados, está mais animado para a criação do seu projeto?

Então, para tirar a sua ideia do papel e levá-la para a internet, conte com a Criação .cc

Somos uma agência especializada em desenvolvimento de websites profissionais e com design personalizado.

Assim, você terá um site de advocacia moderno e com as informações e elementos de que precisa.

Com nossa metodologia própria, desenvolvemos um projeto digital em WordPress que gera autonomia na gestão de conteúdo. Isto é, depois que o site estiver pronto, você terá liberdade para gerir as informações contidas nas páginas.

Conheça detalhes sobre nossos processos de criação de sites e como podemos colaborar para que você digitalize a sua prestação de serviços. Venha para a Criação. cc.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Sobre o Autor

Deixe um comentário