O que é WordPress? Tudo o que você precisa saber

Aqui neste tutorial você irá entender melhor o que é o WordPress e porque ele é o queridinho de muitas empresas. Descubra mais aqui.

Se você está pesquisando maneiras para fazer um site, certamente esbarrou no termo “WordPress”. Mas, você pode estar se perguntando: “o que ele é e como funciona?”.

A dúvida é bastante comum quando falamos sobre desenvolvimento web. Então, fique tranquilo porque vamos mostrar as principais informações sobre o sistema logo abaixo; confira:

Continue a sua leitura e saiba tudo o que precisa sobre o WordPress. 

O que é e como funciona o WordPress

WordPress é um Content Management System (CMS) – isto é, um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. 

Como o nome sugere, trata-se de um sistema que gerencia o conteúdo de sites, blogs, lojas virtuais e outros formatos.

Assim, podemos dizer que o WordPress é uma plataforma digital para a criação e manutenção de sites.

Seu funcionamento é simples e tem como premissa a ideia de que até mesmo quem não conhece as linguagens de programação pode gerenciar o conteúdo dos sites.

Então, o CMS facilita a adição, edição e exclusão de páginas, textos, imagens, além de outros elementos e arquivos.

O WordPress é dividido em:

  • WordPress.com
  • WordPress.org

O wordpress.com é um CMS bastante utilizado para a construção de blogs. Ele é totalmente online e pode ser gratuito ou pago, segundo as demandas do site.

Já o wordpress.org é uma plataforma de código aberto usada para a criação de vários tipos de website. Para utilizá-la, é preciso baixar gratuitamente e instalar o WordPress.

Quem usa o WordPress? 10 exemplos de sites feitos com o sistema

Você sabia que cerca de 43% de todos os sites do mundo são construídos com o WordPress

Os dados do W³ Techs mostram, ainda, que ele é o favorito entre os demais CMS, ocupando 64% deste mercado. 

Devido a sua facilidade de uso, quantidade e qualidade de recursos, e o fato de ser open source, o WordPress é a escolha de pequenos, médios e grandes sites.

O CMS foi criado em 2001 por Matt Mullenweg e Mike Little e começou como projeto B2 Cafelog. De lá para cá, muitas organizações e personalidades deram preferência ao WordPress para a criação de seus sites.

Veja alguns exemplos:

  1. Fundação Obama
  2. Gisele Bündchen
  3. Meu Jurídico
  4. CNN Brasil
  5. TechCrunch
  6. Kiskadi
  7. Olivas Restaurantes Empresariais
  8. Holonomics
  9. Sony Music
  10. Santuário Amor que Salva

Principais características do WordPress – Motivos para escolher o CMS

Como você pode observar, o WordPress é a escolha de gestores de sites de todos os portes. Mas, o que torna este CMS o preferido em todo o planeta?

Algumas das suas características podem explicar o favoritismo. Abaixo, selecionamos os principais atributos do WordPress para você conhecer; confira:

1 – Ele é gratuito

Você não precisa pagar nada para fazer um blog no WordPress.com, por exemplo. Além disso, pode até baixar o sistema e usá-lo sem a cobrança de qualquer taxa.

Ele também possui uma incrível diversidade de plugins gratuitos que aumentam as possibilidades de uso do CMS.

Assim, a gratuidade é, certamente, um elemento de peso na escolha deste CMS para o desenvolvimento de sites.

É importante ressaltar, no entanto, que elementos como domínio e hospedagem, além de alguns plugins e ferramentas, podem ser pagos.

2 – Ele é um sistema de código aberto

O WordPress é open source – isto é, ele é um sistema de código aberto. Isso significa que o software pode ser baixado e melhorado por qualquer desenvolvedor.

Dessa forma, o seu código fonte é disponibilizado para que outros profissionais possam estudá-lo e alterá-lo, promovendo a resolução de problemas e a implantação de melhorias

Então, uma pessoa que tenha conhecimentos na codificação do WordPress pode baixar e aprimorar o CMS.

Na prática, o sistema é melhorado continuamente e permite que muitas pessoas possam trabalhar para solucionar qualquer problema que surja.

3 – Uso intuitivo

Lembra que falamos que o WordPress é fácil de usar? Pois essa é uma das características mais marcantes para os gestores de site.

Enquanto outros métodos de criação exigem, dos donos do projeto, um conhecimento mais avançado na tecnologia, este CMS é mais democrático.

Com poucos acessos, é possível entender o funcionamento do WordPress e começar a utilizá-lo na gestão de conteúdo.

Então, gestores e operadores podem facilmente adicionar, editar e excluir páginas, conteúdos e elementos.

Isso acontece porque o WordPress não tem a “cara” de linguagem de programação. Para quem o acessa, o sistema é como um outro site, onde é possível fazer edições com o movimento de “arrasto”, por exemplo.

Dessa forma, com uso intuitivo, este CMS permite autonomia aos donos do site – ou seja, não há necessidade da intervenção de desenvolvedores para as tarefas básicas de gestão do site.

4 – Grande variedade de plugins

Falamos, logo acima, que uma das vantagens do WordPress é que existem vários plugins gratuitos, certo? Mas, você sabe o que são os plugins? 

Eles são como ferramentas ou extensões que podem ser adicionadas ao sistema para incrementar as funcionalidades. Então, ao baixá-los e instalá-los, o gestor amplia consideravelmente as possibilidades do CMS.

Alguns dos plugins mais usados e famosos do WordPress são:

  • Yoast SEO – ferramenta que colabora para a verificação dos níveis de otimização de SEO das páginas e dos seus conteúdos;
  • Monster Insights – leva os principais recursos do Google Analytics para o painel do CMS;
  • Elementor – facilita a edição das páginas do WordPress;
  • Contact Form 7 – usado para a criação e edição de formulários no site;
  • Imagify Image Optimizer – otimiza as imagens adicionadas ao website, evitando a demora de carregamento das páginas, por exemplo.

Grande parte dos plugins do WordPress são gratuitos ou oferece planos pagos mais completos. Portanto, eles são uma ótima maneira sem custo ou com baixo investimento para aumentar as funcionalidades do WordPress.

5 – Atualizações constantes

Sendo um sistema de código aberto, o CMS recebe melhorias frequentes – o que significa que o seu projeto digital (seja um site pessoal, blog, loja virtual ou outro formato) sempre terá tecnologias modernas.

Então, páginas feitas no WordPress se mantêm atualizadas com os mais novos recursos tecnológicos do mercado, ajudando na competitividade e posicionamento do site na web.

Quanto custa um site no WordPress

Até aqui, vimos o que é WordPress, como ele funciona e suas principais características, certo?

Considerando que ele é a sua escolha para a realização de um projeto digital, precisamos falar sobre o investimento para a utilização deste CMS.

Você conferiu que o uso de determinados recursos do WordPress é gratuito. Entretanto, é necessário ficar atento a outros valores, como:

  • Registro de domínio; 
  • Contratação de:
  • Desenvolvimento web;
  • Produção de conteúdo – como fotografia e copywriting;
  • Entre outros.

Para saber com exatidão qual é o investimento que você precisa fazer para dar sequência a seu projeto digital, fale com a gente.

Nossa equipe da Criação .cc é especializada na criação de sites com o WordPress.

Então, solicite um orçamento agora mesmo com um dos nossos consultores da Criação .cc

Facebook
Twitter
LinkedIn

Sobre o Autor

Deixe um comentário