Como escolher a plataforma ideal para meu site?

Aqui iremos te apresentar diferentes tipos de plataforma e dicas de como escolher a plataforma ideal para seu site.

Com tantas opções disponíveis, é comum que algumas pessoas tenham dúvidas sobre qual é a plataforma ideal para o desenvolvimento de um site.

Existem algumas soluções que oferecem páginas praticamente prontas, com apenas alguns ajustes a serem feitos. Há, também, modelos que permitem a total personalização do website – como é o caso do WordPress.

Dessa forma, é importante conhecer as demandas do projeto, os serviços disponíveis para a criação de sites e, então, definir qual é a melhor plataforma a ser usada.

Pensando em ajudar você nessa escolha, preparamos este material objetivo e prático sobre maneiras para criar um website. Acompanhe com a gente e confira!

O que considerar ao escolher a plataforma ideal para meu site

A construção de um site é uma demanda cada vez mais necessária para todo o tipo de empresa, marca e organização, não é verdade?

Nos dias de hoje, ficar ausente da internet é estar distante de boa parte do seu público-alvo; por isso, ter um espaço digital bem construído e com aspecto profissional é cada vez mais importante.

Mas, ainda que o website seja indispensável para os negócios, nem sempre os envolvidos no seu projeto de criação têm conhecimentos sobre o desenvolvimento web.

Se este é o seu caso, não se preocupe! Aqui, vamos conversar sobre o que você e sua equipe devem entender para escolher a plataforma ideal para a construção do site.

Veja logo abaixo:

Objetivo e demandas do projeto

As primeiras informações que precisam ser esclarecidas são: objetivos e necessidades do site.

Uma empresa que quer vender online precisa ter uma loja virtual; uma marca que quer ser encontrada na web pode ter suas demandas digitais atendidas com um site institucional, por exemplo.

Já um prestador de serviços que espera atrair clientes pela internet pode ter bastante sucesso com um blog.

Cada uma dessas organizações têm um alvo diferente a ser atingido – e, para isso, elas precisam seguir caminhos diferentes.

Então, é fundamental definir qual é o resultado esperado com a presença digital e o que é  preciso para alcançá-lo.

Nesta etapa, também podem ser definidas outras questões, como design e layout desejados, além de conteúdos e recursos que serão utilizados.

Nível de autonomia na gestão de conteúdo

Outro ponto importante na decisão de uma plataforma é o grau de autonomia que você e sua equipe precisam para gerenciar os conteúdos publicados.

De forma bem simplista, podemos pensar no site como a estrutura de uma casa. Para que ela tome forma, é preciso que tijolos e outros materiais sejam colocados, certo?

A pergunta que fica é: você quer – e pode – ser responsável por preencher as lacunas ou prefere que outro profissional faça isso?

Em plataformas semi prontas, você será o responsável por colocar cada “tijolinho”, do começo ao fim. Ao mesmo tempo em que a função gera mais liberdade, também pode demandar mais tempo e conhecimentos de quem executa a tarefa.

Mas, em websites criados por desenvolvedores, é comum que eles façam esse trabalho inicial. Depois que o projeto estiver pronto, você pode fazer a edição e manutenção dos conteúdos. 

Alguns sites precisam de atualização constante; outros, pedem uma frequência menor de alteração em seus textos, imagens e outros materiais. Assim, também é importante saber a regularidade com que estes conteúdos devem ser atualizados.

Então, entenda qual é o nível de autonomia esperado na gestão de conteúdopara prosseguir em sua descoberta pela melhor plataforma para seu site.  

Plataformas e suas funções

Nessa etapa, é hora de pensar sobre como os serviços de criação de websites podem atender as demandas do seu projeto.

Entre os fatores que devem ser analisados, estão:

  • Performance e velocidade: como as configurações das plataformas colaboram para o desempenho técnico do site;
  • Segurança: quais mecanismos de proteção os serviços disponibilizam;
  • Confiança e transparência: nível de estabilidade e de confiabilidade das soluções oferecidas.

Em resumo, é importante que a plataforma seja capaz de construir um site tecnicamente bem feito; protegido de ciberataques e que resguarde os seus usuários; e que, por fim, passe confiança aos seus proprietários de que o serviço vai se manter ativo e estável enquanto o projeto estiver online.  

Plataformas para Site – quais são as principais

Agora que você já tem boas informações em mãos sobre o seu projeto e sobre as plataformas, vamos conhecer os principais serviços online para a construção de websites; acompanhe com a gente:

Plataformas de Criação de Site

Em suas pesquisas para o projeto digital, você já deve ter “esbarrado” em alguns desses nomes: Wix, Weebly, Site123 e Google Sites. Além destas, existem várias plataformas para a criação de sites.

Estes serviços, de uma maneira geral, oferecem uma estrutura semi pronta ou praticamente pronta de um website.

Assim, elas disponibilizam templates ou mesmo modelos completos de sites, blogs, lojas virtuais, entre outros. Então, é só editar layout, design e conteúdos para deixar o projeto digital pronto. 

Boa parte destas plataformas oferece serviços gratuitos para a construção do website. Mas, para ter domínio próprio e serviços de segurança, por exemplo, elas podem cobrar taxas e ter outros custos.

Vale observar ainda que essas soluções são, no geral, bastante limitadas. Justamente pela gratuidade e pelo formato pronto/semi pronto, fatores como cores, layout, textos, integrações e outros podem ter pouca ou nenhuma alteração.

Então, as plataformas são uma alternativa direcionada para projetos simples e padronizados.

WordPress

O WordPress (WP) pode ser considerado um outro tipo de plataforma para a criação de sites. Em termos técnicos, ele é chamado de Sistema de Gerenciamento de Conteúdo – Content Management System (CMS), em inglês.

Então, o WP permite que profissionais tenham contato com a construção das páginas em diferentes níveis

O desenvolvedor pode executar ações diretamente no código-fonte do site. Outras pessoas, por outro lado, têm a possibilidade de trabalhar sobre ele sem precisar entender sobre códigos.

Nesse sentido, o WordPress é bastante versátil já que ele possibilita a personalização das páginas em nível superior e, ao mesmo tempo, é fácil de ser utilizado.

O CMS é recomendado para a criação de sites de baixa, média e alta complexidade. Então, os recursos humanos e financeiros envolvidos na sua produção podem ser um pouco maiores do que os necessários em plataformas gratuitas.

Dessa forma, os investimentos para o desenvolvimento de um site com o WordPress variam de acordo com as necessidades do projeto.

Faça seu site com a Criação .cc

Como conversamos, é interessante analisar o objetivo e demandas do projeto, nível de autonomia da gestão de conteúdo e as funções das principais plataformas para criação de sites.

Falamos, também, sobre as diferenças entre plataformas e WordPress no desenvolvimento de projetos digitais.

Agora, queremos fazer um convite a você: conheça as soluções em construção de sites da Criação .cc.

Reunindo profissionais capacitados e tecnologia de ponta, estamos prontos para ouvir a demanda do seu projeto e encontrar as melhores soluções digitais para ele.

Com ampla experiência em desenvolvimento de sites profissionais com design personalizado, temos a bagagem técnica e visão de mercado que o seu negócio precisa para atuar com sucesso na web.

Então, não perca mais tempo para tirar o seu projeto do papel e dar vida a ele na internet. Conheça detalhes da nossa solução em criação de sites profissionais.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Sobre o Autor

Deixe um comentário