Regras LGPD: como funcionam e implantar na sua empresa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Nos últimos anos, aumentou o número de reclamações dos consumidores a respeito da forma como empresas tratam os seus dados. Não raro, informações pessoais são vendidas a terceiros, causando muita dor de cabeça a quem vê seus dados passarem de mão em mão.

Essa falta de privacidade foi um dos principais responsáveis pela criação da Lei Geral de Proteção a Dados, também chamada de LGPD. Com ela, negócios de todos os portes e segmentos de mercado devem contar com mecanismos para garantir a proteção de dados dos seus clientes e demais consumidores.

Você já está a par das regras LGPD, como funcionam e implantar na sua empresa? Continue lendo este artigo e veja, nos tópicos a seguir, as informações mais relevantes a respeito do tema.

  • Como funcionam as regras LGPD
  • Dicas para implantar regras LGPD

Como funcionam as regras LGPD

A legislação LGPD foi instituída com a finalidade de regular as empresas de todo o país para que sigam regras de privacidade. Com isso, é possível tratar de modo adequado os dados pessoais não só dos clientes, como também de todos os consumidores com quem se relaciona.

Assim, as regras LGPD criam condições para que as informações pessoais sejam utilizadas com privacidade e respeito aos seus titulares. Da mesma forma, confere um conjunto de direitos aos titulares dos dados e exige que as empresas sigam normas específicas para controlá-los.

Na prática, isso se resume a uma série de procedimentos que as organizações devem implantar, o que exige treinamento dos funcionários e uma conscientização ampla da equipe. Entre eles, está a coleta de informações, classificação, processamento, armazenamento e, principalmente, uso e compartilhamento.

Embora haja diversos pontos relevantes, o que se destaca é o fato de empresas estarem proibidas de transmitir dados de terceiros sem o prévio consentimento dos titulares. Para fiscalizar as exigências da nova lei foi criada a ANPD – Autoridade Nacional de Proteção de Dados.

Já quem que não seguir as regras LGPD pode ter que pagar multa de 2% do faturamento total do seu negócio.

Dicas para implantar regras LGPD

A primeira dica para seguir as regras LGPD e implantar um sistema eficiente na sua empresa é conhecer os diretos dos titulares dos dados com a nova lei. Assim, é importante saber que as pessoas devem ter acesso as suas informações que estão presentes no banco de dados das empresas.

Elas devem conseguir corrigi-los, torná-los anônimos, bloqueá-los ou mesmo eliminá-los do seu sistema. Outro direito é o de saber o que o seu negócio faz com as suas informações, sendo que elas podem até mesmo cancelar o consentimento que deram anteriormente.

E claro, as empresas devem proteger essas informações, bem como registrar tudo o que fizerem com os mesmos. Dito isso, o próximo passo é implantar as regras LGPD, o que exige, inicialmente, um diagnóstico completo.

Com isso, você verifica o que a sua empresa já faz e o que deve ser mudado ou criado. A partir disso, é preciso treinar a sua equipe, além de definir colaboradores para serem o controlador, o operador e o encarregado. O primeiro é responsável pelo modo como os dados são tratados.

O operador é quem realiza o tratamento em nome do controlador e o encarregado tem o papel de promover a comunicação entre o controlador e o operador da empresa com os consumidores e com a ANPD.

Para mostrar aos seus clientes que você está seguindo a nova lei, vale a pena contar com um site que apresente termos de uso e política de privacidade. A Aztec pode ajudar com a oferta de um site da mais alta qualidade. Clique aqui (link site) e conheça mais os seus serviços.

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Eduardo Pittol
Eduardo Pittol
Cientista da Computação. Apaixonado por tecnologia, inovação e pessoas. Ativo em comunidades de empreendedorismo e tecnologia. Fundador da Aztec. Empresa especializada em entregar soluções usando WordPress como plataforma. Facilitador no programa Techstars Startup Weekend. Um dos idealizadores do Taquari Valley, uma comunidade que fomenta o empreendedorismo no Vale do Taquari. Diretor da pasta de tecnologia e inovação na ACI Lajeado.

Deixe uma resposta