YOAST: descubra o que é, como instalar o plugin e de que modo alcançar o botão verde

Aprenda tudo que você precisa sobre o plugin YOAST SEO e como ele poderá entregar ainda mais potencial na produção de conteúdo do seu site.

Se você está pensando em criar conteúdo para o seu site, já deve ter se deparado com o famoso plugin Yoast. Ele é fácil de usar e bastante útil, apontando o caminho para otimizar as suas publicações. Assim, elas poderão ser tornar mais “visíveis” para os buscadores, como o Google.

Então, se tem interesse em usar a ferramenta, você veio ao lugar certo! A seguir, a gente conversa sobre ela em detalhes:

Leia e descubra como usar o Yoast na sua gestão de conteúdo!  

O que é Yoast e para que serve?

O Yoast é um plugin que pode ser usado tanto no WordPress, quanto no Shopify. Ele foi projetado para otimizar o desempenho de sites nos resultados de busca — isto é, trata-se de uma ferramenta de Search Engine Optimization (SEO). 

O plugin automatiza técnicas de SEO On Page; desse modo, aspectos relacionados à otimização interna são facilmente executados pelo Yoast. Entre as atividades realizadas, está a análise em tempo real do uso de palavras-chave em pontos estratégicos das páginas, além da legibilidade da publicação.

Quais são as funcionalidades do Yoast?

Agora que você conhece um pouco mais sobre o plugin, está na hora de descobrir detalhes sobre os recursos oferecidos por ele. A ferramenta disponibiliza uma série de funcionalidades, que podem ser acompanhadas durante a criação de textos nas páginas do seu website. 

Entre os principais quesitos de SEO analisados pelo Yoast, estão:

  • em relação à palavra-chave (ou frase-chave):
    • densidade ao longo da publicação
    • uso e largura no título de SEO
    • utilização e largura na meta descrição
    • uso no slug
    • utilização anterior em outros posts
  • tamanho do texto.

Em relação à legibilidade da publicação, o plugin aponta fatores como:

  • palavras de transição;
  • uso de voz passiva;
  • frases consecutivas;
  • distribuição de subtítulos;
  • tamanho dos parágrafos;
  • tamanho da frase.

Além desses critérios para texto, o Yoast também avalia questões relacionadas à otimização de imagens, vídeos, SEO local e WooCommerce (estes três últimos somente nas versões pagas).

Qual a diferença entre o plugin gratuito e pago?

Como você conferiu, certos recursos estão disponíveis apenas com o pagamento. Dessa maneira, o Yoast disponibiliza funcionalidades no modo gratuito e as amplia com a assinatura da modalidade Premium. Em 2024, ela custava US$ 99 ao ano; contudo, vale a pena conferir os valores atualizados do plugin

Usuários que contratam o plano têm acesso a todas as funções grátis e, somadas a elas, contam com Inteligência Artificial (IA) para escrever títulos de SEO e meta descrições. O número de palavras-chave otimizadas aumenta, chegando até a cinco por página.

O plano pago também oferece redirecionamentos automáticos, prometendo que não haverá mais links quebrados ou erros. O Yoast Premium oferece ainda sugestões de links internos que podem enriquecer o conteúdo. Ademais, existem outros benefícios, a exemplo de suporte e ausência de anúncios. 

Como a ferramenta funciona?

Vimos que, mesmo que na versão gratuita, é possível usufruir vários benefícios do Yoast. Mas, afinal, essas funções funcionam, na prática?

Depois de instalar e ativar o plugin, um menu aparecerá no canto direito da sua tela de edição de páginas e posts no WordPress. Em seguida, insira uma frase-chave de foco, na qual o SEO On Page será baseada. 

O Yoast trabalha enquanto você escreve o conteúdo e insere outros materiais (como imagens). Logo, é possível acompanhar em tempo real como a publicação está em termos de SEO e legibilidade. Além de fornecer a informação, a ferramenta dá dicas para melhorias.

Ela é bastante visual e, para isso, usa uma sinalização que indica a qualidade da página. Dessa forma, cada cor de botão no Yoast representa uma análise; confira:

  • vermelho: é preciso fazer uma revisão mais completa, corrigindo as falhas;
  • laranja: indica que há certos pontos de atenção a serem observados;
  • verde: aponta que o conteúdo atende a todos ou a maioria dos requisitos de SEO e legibilidade.

A cor dos botões altera de acordo com a adequação do post aos critérios analisados pelo plugin. Então, assim que as correções forem realizadas, a sinalização também será alterada.

De que modo deixar o Yoast verde?

Ter o plugin na cor verde é o desejo de muitos produtores e gestores de conteúdo. Para alcançá-lo, separamos algumas dicas.

O primeiro passo é distribuir uniformemente a frase-chave ao longo do texto. Você consegue, inclusive, ver as palavras destacadas no post a fim de entender melhor essa distribuição.

Além disso, a frase-chave deve estar presente no título de SEO, com todos os termos informados e preferencialmente no início. Da mesma forma, a meta descrição precisa conter a palavra-chave principal visando garantir a melhor relevância nos resultados de pesquisa.

Outro aspecto importante é o tamanho do texto, pois o Yoast recomenda um mínimo de 300 palavras. Caso a publicação seja menor do que isso, é necessário adicionar mais conteúdo para atender às diretrizes de otimização.

A legibilidade é outro fator de relevância durante a construção do seu artigo. Ela ajuda o leitor a consumir o conteúdo de maneira mais agradável, colaborando para a sua experiência durante a navegação. 

A fim de alcançar um texto facilmente legível, siga estas dicas:

  • use frases curtas, com até 20 palavras;
  • não ultrapasse 300 palavras entre os títulos e intertítulos;
  • evite a voz passiva — isto é, no lugar de “tarefas foram realizadas pela equipe” use “a equipe realizou as tarefas”, por exemplo;
  • não inicie mais do que três frases com a mesma palavra;
  • utilize palavras de transição, como “além disso”, “no entanto”, “assim” e outras.

Aqui vai um ponto de atenção: nem sempre o Yoast verde é garantia de um bom conteúdo. Como você viu, ele é um plugin que automatiza questões relacionadas ao SEO. Seguir à risca todos os critérios apenas para alcançar o “verde” pode “engessar” a publicação.

Portanto, priorize a construção de materiais relevantes, de qualidade e que sejam úteis ao leitor, está bem? 

Como instalar o plugin no WordPress?

Agora, se você tem interesse em usar o Yoast no gestor de conteúdo mais popular do mundo, veja como é simples fazer a sua instalação e ativação: 

  1. faça login no seu painel do WordPress: acesse o painel de administração do seu site com suas credenciais de administrador;
  2. navegue até a seção de plugins: no painel de administração, clique em “plugins”, no menu lateral esquerdo;
  3. clique em “adicionar novo”: já na página, clique no botão “adicionar novo”, localizado na parte superior direita;
  4. pesquise pelo Yoast: na barra de pesquisa, digite “Yoast SEO”;
  5. clique em “instalar agora”: ao encontrar o plugin nos resultados, clique no botão “instalar agora” ao lado dele;
  6. ative o plugin: após a instalação, o botão “instalar agora” mudará para “ativar” — e, assim, clique sobre ele;
  7. Pronto! O Yoast está instalado e ativo.

Após a ativação, você será redirecionado a uma página de configuração inicial do plugin. Em seguida, siga as instruções na tela a fim de deixá-lo preparado para o uso.

Como visto, o Yoast é um plugin de automatização de SEO. Ele analisa critérios (como uso de palavras-chave e legibilidade) para apontar, em tempo real, as melhorias que podem ser feitas no conteúdo. 

Ainda que seja bastante útil, lembre-se de usar a ferramenta como um guia, evitando engessar a publicação com as sinalizações feitas por ela.

Agora, você quer ter um site que atenda a todos os critérios técnicos de SEO? Então, traga o seu projeto digital para a Criação .cc! Somos especialistas em desenvolvimento e, assim, entregamos websites profissionais e com a cara da sua marca.

Fale com um dos nossos consultores e leve o seu negócio para a internet!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Sobre o Autor

criação de sites em WordPress

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das novidades da Criação .cc

Utilizamos cookies para qualificar sua experiência nesta página e aperfeiçoar nosso site. Ao clicar em “ok, entendi”, você concorda com esta utilização. Mais informações podem ser obtidas em nossa Política de cookies.