5 Principais métricas para sites em 2024

Para saber se o seu site está performando bem é importante considerar alguns indicadores e métricas que vão te auxiliar a identificar onde melhorar e o que potencializar.

O acompanhamento dos resultados do website é fundamental para os negócios que atuam online. Afinal, monitorar o que deu certo e o que precisa ajustar é uma forma de agir rápido — o que é essencial em mercados tão velozes. Pensando nisso, trouxemos as principais métricas para sites em 2024.

Elas indicam o progresso do trabalho realizado. Nesse sentido, as mais relevantes para a marca podem ser consideradas Key Performance Indicators (KPI). Isto é, Indicadores-Chave de Desempenho. A seguir, a gente conversa sobre os KPIs para websites neste ano:

Continue a sua leitura e conheça as 5 principais métricas para sites em 2024!

1. Taxa de conversão

Talvez esta seja uma das métricas mais conhecidas e monitoradas no ambiente digital — e não seria por menos. A taxa de conversão avalia a eficácia das vendas online. Ela é coletada por ferramentas de análise de dados, como o Google Analytics (GA4). A fórmula para encontrá-la é esta:

Taxa de Conversão = (Número de Conversões ÷ Número de Visitantes) × 100

Na prática, o indicador é a porcentagem de pessoas que realizaram uma ação desejada pela marca em relação ao total de visitantes. Essas ações podem ser uma compra, o preenchimento de um formulário ou a assinatura de uma newsletter, por exemplo. 

A análise da taxa de conversão ajuda a compreender o desempenho das estratégias de marketing e comerciais. Se ela estiver baixa, pode ser um sinal de que o site precisa de melhorias na usabilidade, no design ou na oferta de produtos, entre outras correções. 

Para melhorar esse KPI, é importante realizar testes A/B a fim de identificar o que impacta na decisão de compra dos usuários. As medidas podem incluir, por exemplo, mudanças no layout, nos botões de chamada para ação (CTA), na descrição dos itens ou na simplificação do processo de checkout. 

2. Tempo de carregamento

Outra métrica que continuará relevante em relação a sites, em 2024, é o tempo de carregamento das páginas. Ele se refere ao período que um website leva para exibir para o usuário todo o conteúdo visual, além de funcionalidades.

O indicador leva em conta desde o momento em que uma pessoa clica no link até a total renderização. A métrica é essencialmente coletada por ferramentas como o Google PageSpeed Insights ou o GTmetrix. No geral, elas apontam tanto os problemas, quanto as possíveis soluções. 

O tempo de carregamento tem reflexos diretos na experiência do usuário. Afinal, um site lento é capaz de resultar em altas taxas de rejeição, por exemplo. Isso ocorre porque os visitantes tendem a abandonar a navegação se a página não carregou rapidamente. 

O ranqueamento do website nos resultados de busca também pode ser afetado pela lentidão. Isso acontece porque os mecanismos de busca, como o Google, valorizam sites que oferecem uma experiência de usuário rápida.

Certas estratégias podem melhorar esse KPI. A otimização de imagens visando reduzir o seu tamanho (como o uso do formato WebP), minificação de arquivos CSS e utilização de sistemas de cache são exemplos. 

3. Taxa de cliques (CTR)

A taxa de cliques mede a eficácia de um link ou anúncio. Então, ela calcula a porcentagem de pessoas que clicam nesse elemento em relação ao total de usuários que o veem. O KPI pode ser calculado deste modo:

CTR = (Número de Cliques ÷ Número de Impressões) × 100

O indicador tem importância para marcas porque colabora para avaliar a performance das campanhas de marketing digital — como anúncios pagos, e-mail marketing e links em mecanismos de busca.

A taxa de clique pode ser coletada em ferramentas de análise de tráfego, como o mencionado GA4, e plataformas de publicidade online (a exemplo do Facebook, Google e LinkedIn Ads). Essas soluções fornecem dados sobre o número de visualizações e cliques em cada link ou anúncio.

A análise da métrica serve para compreender o engajamento do público com o conteúdo oferecido. Assim, um CTR alto pode indicar que o conteúdo é relevante e persuasivo, enquanto um número baixo aponta que melhorias devem ser feitas.

Para melhorar a taxa de cliques, crie anúncios e conteúdos atrativos para o target. Outra dica é a utilização de CTAs claras e persuasivas, além da realização de testes A/B. Lembre-se também de monitorar e analisar continuamente os dados para ajustar as estratégias conforme necessário, certo?

4. Taxa de abandono de carrinho

Especialmente negócios que fazem vendas online pelo e-commerce precisam acompanhar a taxa de abandono de carrinho. A métrica mostra a porcentagem de usuários que iniciam o processo na loja digital, mas não completam a transação. Você obtém o KPI com esta fórmula:

Taxa de Abandono de Carrinho = ((Número de Carrinhos Abandonados ÷ Número de Carrinhos Iniciados) × 100)

O indicador é importante para você avaliar a eficácia do processo de checkout. O número também mostra possíveis obstáculos que impedem os clientes de finalizar as suas compras.

A taxa de abandono de carrinho é coletada pelo Google Analytics e sistemas de gestão de vendas. Essas ferramentas registram o comportamento dos usuários durante o processo de compra e fornecem dados sobre o número de checkout abandonados.

A análise desse KPI colabora para o entendimento de pontos fracos no processo de venda. Alguns fatores podem contribuir para o abandono do carrinho:

  • frete caro;
  • processos demorados e complexos;
  • falta de opções de pagamento;
  • preocupações com segurança.

Para reduzir esse indicador, as empresas podem implementar algumas medidas. Entre elas, estão simplificar o processo de checkout, oferecer opções de pagamento flexíveis e fornecer informações claras sobre os custos totais da compra.

5. Retorno de Investimento (ROI)

Por fim, a quinta métrica a que você deve ficar atento em 2024 é o ROI. Ela avalia a eficácia de um investimento, calculando o lucro obtido em relação ao custo. O retorno é encontrado assim:

ROI = ((Lucro – Custo do Investimento) ÷ Custo do Investimento) × 100

Em outras palavras, o indicador é calculado dividindo o lucro que o investimento gerou pelo dinheiro desembolsado pela empresa para alcançá-lo. Ele é geralmente expresso como porcentagem, mas também pode ser visto em valores monetários. 

O ROI pode ser coletado via análises financeiras e contábeis que registram os custos e receitas associados a um investimento. Além disso, ferramentas de análise de marketing digital, como o GA4, fornecem números sobre o desempenho de campanhas online e o seu retorno.

A análise do ROI é vital para tomar decisões informadas sobre alocação de recursos e investimentos futuros. Uma alta taxa pode indicar que o valor investido gerou lucro em relação ao gasto, enquanto uma baixa taxa sugere que o valor aplicado não foi eficaz.

Esse indicador é otimizado de duas formas, basicamente: aumento do lucro ou redução dos custos. Isso pode incluir ajustes na estratégia de marketing, negociação com fornecedores e melhorias nos processos operacionais, por exemplo.

Então, como visto, as 5 principais métricas de site para 2024 são taxa de conversão, tempo de carregamento, CTR, abandono de carrinho e ROI. Coletar esses dados e usá-los na elaboração de estratégias é uma maneira para potencializar os resultados de negócios digitais ainda este ano.

Agora, saiba mais sobre otimização de websites. Conheça as soluções da Criação .cc e descubra nossos serviços em desenvolvimento em WordPress. Fale com um dos consultores da Criação .cc!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Sobre o Autor

criação de sites em WordPress

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das novidades da Criação .cc

Utilizamos cookies para qualificar sua experiência nesta página e aperfeiçoar nosso site. Ao clicar em “ok, entendi”, você concorda com esta utilização. Mais informações podem ser obtidas em nossa Política de cookies.